sábado, 19 de fevereiro de 2011

A cor do Verão

(imagem de canaldasdicas.com)

(imagem do Google)

O Verão inunda a vida
com os seus intensos raios de sol,
invade, vasculha, penetra espaços,
reaviva a memória esquecida,
prende-nos no seu anzol,
juntando de novo os pedaços
da alma ansiosa,
de forma desarmoniosa.
Verde, dourado, vermelho vivo.
O corpo quente clama, sedento
de amor, prazer, diversão,
ansiando de novo a ilusão,
o suco do fruto sumarento,
a chama da paixão,
uma brisa que dê alento.
Não pede licença, invade;
não avisa, irrompe;
não se arrepende ou sente saudade,
fica a sós connosco, olha-nos defronte.
Não murmura, afronta;
não se sensibiliza, grita;
não se verga, espevita;
não cede, confronta.
É o Verão dos sentidos,
das férias, da renovação da vida,
que nos convida
a reviver sonhos perdidos.
                                  Célia Gil



2 comentários:

  1. Com enorme carinho
    agradeço de coração por compartilhar
    momentos tão agradaveis e tão importantes para mim.
    Certamente vera essa mensagem em outros blogs
    mais isso é tudo que posso fazer hoje.
    E jamais vou deixar de agradecer a bondade
    de estar sempre no meu blog acariciando meu corção.
    Agradeço e reconheço que Deus nunca nos deixa sozinho.
    Um beijo no coração,Evanir.

    ResponderEliminar
  2. Que Deus me conserve por mais algum tempo nessa
    morada de sonhos que é a blogosfera
    e meus tesouros de amigas e amigos...
    Cada dia pode ser o ultimo em nossos
    vidas por isso tudo que desejo é paz...
    E se amanhã não me for permitido passar mais aqui
    conserve consigo a humidade que vou deixar
    para sempre com você....
    Creia não existe dor que Deus não cure
    ninguem sofre pra sempre...
    Hoje digo com absoluta certeza
    só Deus sabe quanto você me ajuda com seu amor
    e amizade sincera seu gesto de carinho é tudo
    de bom.
    Um beijo terno e carinho
    guarde contigo meu carinho pra sempre.
    Bjs ,Evanir..
    Um lindo e abençoado final de semana...

    ResponderEliminar